Empresários adventistas apoiam 18 projetos missionários

Durante o último final de semana ocorreu o 25º Encontro Nacional da Federação dos Empreendedores Adventistas (FE) na cidade de São Luís, no Maranhão. O evento, que acontece anualmente, reuniu empresários e profissionais de diferentes partes do Brasil com o objetivo de dar visibilidade aos ministérios leigos que trabalham em prol da missão de evangelizar.

A Federação surgiu em 1991, quando um grupo de empresários se organizou para trazer o programa Está Escrito para o Brasil, possibilitando a tradução e a veiculação semanal das pregações do pastor George Wandeman na televisão brasileira. Mas foi em 1992 que a FE foi legalmente constituída, com estatuto próprio, regimento interno e representantes oficiais.

Desde então, a Federação promove regularmente reuniões regionais e uma vez ao ano realiza uma reunião nacional com profissionais e empresários adventistas de todo o território nacional. Neste ano, o encontro anual aconteceu em São Luís, Maranhão, durou três dias e contou com a presença do pastor Alejandro Bullón, que levou mensagens espirituais aos 200 participantes do evento.

Projetos apoiados pela Federação

Segundo o presidente da FE, Martinho de Moura, atualmente, a Federação dá suporte a vários projetos. “Só aqui neste 25º encontro estamos dando visibilidade a 18 ministérios, e a maioria deles vai ser apoiado financeiramente, como temos feito ao longo destes anos”, afirma Moura.

A Federação tem auxiliado ações como os ”300 de Gideão”, projeto que tem apoiado a construção de igrejas na região do nordeste do Brasil, principalmente em municípios que não tem a presença da Igreja Adventista e o “Poder”, campanha de arrecadação de fundos que ajudam estudantes de teologia a custearem seus estudos.

Um dos ministérios apresentados também foi o do “Projeto de Desenvolvimento e Assistência Social Dona Flor” (Prodasf), que tem realizado diversas ações sociais e no evento apresentou a iniciativa de colocar em presídios do Pará televisões transmitindo a programação da TV Novo Tempo. A iniciativa foi tão bem recebida pelos empresários, que obteve resposta imediata e, logo após a apresentação, foram doados 20o televisores e 120 receptores para essa causa.

O comerciante Sidnei Silva, um dos apoiadores do Prodasf, diz sentir-se honrado em poder ajudar. “Essa é a nossa missão, fazer uma ação ao bem-estar daquele que necessita. É o trabalho que Deus designou a nós”, explica.

Para participar

Segundo Moura, “todo adventista que quiser fazer algo para apoiar a missão da Igreja utilizando parte de seu tempo, de seus recursos e talentos, que foram dados por Deus, é um empreendedor e já faz parte da FE”. Para mais informações, visite o site http://feadventistas1.hospedagemdesites.ws.

Disclaimer